Pesquisar este blog

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Perhaps Love

*****
Música: Perhaps Love
Artistas: John Denver e Placido Domingo
*****
Igualmente  Belo e Tocante!

Tema do Filme "O Pequeno Príncipe"

*****
Música: Somewhere Only Know
Artista: Lily Allen
*****
Encantador e Emocionante!

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Pelo Dia do Poverello de Assis

*****
"É melhor arrepender-se de ter pecado do que arrepender-se de não ter pecado."

"Ao servo de Deus nada deve desagradar senão o pecado."

(São Francisco de Assis)
*****

sábado, 9 de setembro de 2017

Ser Veterinário...

*****
"Não te envergonhes se, às vezes, animais estejam mais próximos de ti do que pessoas. Eles também são teus irmãos." (São Francisco de Assis)

Ser veterinário é isso, reconhecer que eles, os animais, são nossos irmãos. Por isso sou veterinário.
*****

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Palavras de Santa Clara

*****
"O silêncio é a linguagem de quem ama, é melhor que a palavra humana, renuncie e a pessoa se exprima por meio de afeto." 

"Somente em sua linguagem silenciosa, a alma consegue fazer o que sentimos."

"Nunca perca de vista o seu ponto de partida."

(Clara de Assis)
*****

terça-feira, 25 de julho de 2017

Nossa Maior Tarefa

*****
NOSSA MAIOR TAREFA

"Amas, talvez, a muitos
Que ainda não te entendem.

Continua a serví-los,
Mesmo a longa distância.

Não te encontras no mundo
A fim de consertá-los.

Nossa maior tarefa
É a corrigenda em nós.

Se te ferem ou atacam,
Ora por todos eles.

Deus cuidará dos outros,
Como zela por nós."

(Emmanuel)

Livro: “Busca e Acharás”
Psicografado por F.C. Xavier
*****

domingo, 18 de junho de 2017

Lembrete de Célia

*****
Lembrete de Célia

Quando o mundo te fizer mudo
E tu não encontrares sequer uma palavra
Para entoar teu canto,
Olha os lírios dos campos!

Quando teu dia desabar
E não ficar pedra sobre pedra
E te encontrares a beira do abismo
Do desencanto,
Olha os lírios dos campos!

Se tua estrada for um beco sem saída
Ou se pensares que a morte é o fim da vida
Só porque vives entre trancos e barrancos,
Olha os lírios dos campos!

Se tens sede e nada para beber
Se tens fome e nada para comer
Se tua estrada é feita de desenganos
Ainda assim; olha os lírios dos campos!

Ofereces ao mundo o teu melhor
O teu melhor sorriso
O teu melhor “Bom dia!”
E mesmo assim só recebes solavancos,
Olha... Olha os lírios dos campos!

Observa as aves do céu
E lembra do Mestre que segues
Ele não se vestia de fios de ouro,
Mas sim do amor puro e santo!
Por isto, olha os lírios dos campos!

Seca teu pranto
Ora por horas e mais um tanto.
Confia que nos dias difíceis
E nas noites passadas em branco
Deus te cobrirá com o Seu manto
Que é mais lindo do que os lírios...
Os lírios do campo!
Altino Mageste
*****

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Mas, Deus

*****
MAS, DEUS
Há muita gente que te ignora.
Entretanto, Deus te conhece.
Há quem te veja doente.
Deus, porém, te guarda a saúde.
Companheiros existem que te reprovam.
Mas Deus te abençoa.
Surge quem te apedreje.
Deus, no entanto, te abraça.
Há quem te enxergue caindo em tentação.
Deus, porém, sabe quanto resistes.
Aparece quem te abandona.
Entretanto, Deus te recolhe.
Há quem te prejudique.
Mas Deus te aumenta os recursos.
Surge quem te faça chorar.
Deus, porém, te consola.
Há quem te fira.
No entanto, Deus te restaura.
Há quem te considere no erro.
Mas Deus te vê de outro modo.
Seja qual for a dificuldade.
Faze o bem e entrega-te a Deus.
Emmanuel
(Livro "Companheiro" - Psicografado por F.C.Xavier)
*****

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Olho Em Tudo (É Impossível)

*****
Olho Em Tudo (É Impossível)

Olho em tudo e sempre encontro a Ti,
Estas no céu na terra a onde for.
Em tudo que me acontece encontro teu amor,
Já não se pode mais deixar de crer no teu amor.

É impossível não crer em Ti,
É impossível não te encontrar,
É impossível não fazer de Ti meu ideal. (bis)
Vilma Dantas
*****

sábado, 15 de abril de 2017

Humanidade Real

 *****
HUMANIDADE REAL
“... Eis o Homem!” – Pilatos. (João, 19: 5)

Apresentando o Cristo à multidão, Pilatos não designava um triunfador terrestre...
Nem banquete, nem púrpura.
Nem aplauso, nem flores.
Jesus achava-se diante da morte.
Terminava uma semana de terríveis flagelações.
Traído, não se rebelara.
Preso, exercera a paciência.
Humilhado, não se entregou a revides.
Esquecido, não se confiou à revolta.
Escarnecido, desculpara.
Açoitado, olvidou a ofensa.
Injustiçado, não se defendeu.
Sentenciado ao martírio, soube perdoar.
Crucificado, voltaria à convivência dos mesmos discípulos e beneficiários que o haviam abandonado, para soerguer-lhes a esperança.
Mas, exibindo-o, diante do povo, Pilatos não afirma: — Eis o condenado, eis a vítima!
Diz simplesmente: — “Eis o Homem!”
Aparentemente vencido, o Mestre surgia em plena grandeza espiritual, revelando o mais alto padrão de dignidade humana.
Rememorando, pois, semelhante passagem, recordemos que somente nas linhas morais do Cristo é que atingiremos a Humanidade Real.
EMMANUEL
(Fonte Viva, 127, FCXavier)
*****
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...